Gabriela Pugliesi relata golpe e desabafa: “Não tinha voo nenhum”

Gabriela Pugliesi relata golpe e desabafa: “Não tinha voo nenhum”

Gabriela Pugliesi passou por uma situação complicada na noite de domingo (8). Prestes a embarcar para uma viagem internacional, a blogueira descobriu que não havia voo programado para as passagens dela e do marido Erasmo Vianna.

Segundo ela, os tíquetes foram comprados ‘há muito tempo’ sem intermédio de nenhuma agência de turismo —  informação que ela ressaltou em vários momentos, no Instagram. “Compramos de uma pessoa que parecia ser um ótimo negócio, mas não tinha voo nenhum”, explicou ela. “Nem vou falar o nome da pessoa porque vou resolver isso na Justiça, com certeza”, completou. O voo tinha vários trechos e incluía destinos como Aspen e Havaí.

Pugliesi contou ainda que o problema foi descoberto duas horas antes, mas decidiram ir ao aeroporto mesmo assim para tentar embarcar. Ao chegar lá, não houve acordo e eles tiveram que dar meia volta com as malas. “Estamos voltando pra casa, vamos dormir com os nossos cachorros”, reclamou. “Próximo voo é só amanhã a noite, vamos perder mais um dia.”

Mesmo com as negativas, muita gente achou que o ‘golpe’ fazia parte de ação de marketing de uma das empresas de turismo com a qual ela tem parcerias comerciais. Irritada com a repercussão desses boatos, ela desmentiu mais uma vez o assunto e fez um longo desabafo. “Se um dia falarem que a Pugliesi morrer, vão falar: ‘não morreu não, deve estar fazendo propaganda de caixão”, reclamou."É simples demais, comprei passagem de uma pessoa, levei um golpe e contei aqui pra vocês. As pessoas estão esperando algo para falar mal."

Fonte: Veja Sao Paulo